Assembleia de Goiás aprova Plano Estadual de Cultura com metas até 2033

5/5 - (1 vote)

A Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) aprovou em segunda e definitiva votação, nesta quinta-feira (13/06), o Plano Estadual de Cultura de Goiás (PECGO). Desenvolvido pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com o apoio de representantes do segmento artístico-cultural, o projeto estabelece metas e diretrizes para o setor cultural até 2033 e agora segue para sanção do governador Ronaldo Caiado.

O PECGO foi formulado através de um processo colaborativo que envolveu o Conselho Estadual de Cultura, agentes culturais, gestores e a sociedade civil. Aprovado pela Alego, o plano conta com 12 eixos estratégicos, 15 diretrizes, 47 metas e 196 ações a serem implementadas nos próximos nove anos.

Segundo a secretária de Estado da Cultura, Yara Nunes, a aprovação do plano é um compromisso com a valorização da identidade e diversidade cultural de Goiás. “Este documento traça um caminho claro para o desenvolvimento cultural da nossa região e garante que as artes e expressões culturais sejam reconhecidas e protegidas”, afirmou.

O PECGO busca promover um sistema de gestão, proteção e valorização do patrimônio cultural, além de incentivar a diversidade cultural por meio do acesso à produção e fruição da cultura. O plano está alinhado com os objetivos do Plano Nacional de Cultura, focando no desenvolvimento socioeconômico sustentável.

Metas e Diretrizes

Entre as principais metas do PECGO estão a implantação de cinema ou cineclube em pelo menos 50% dos municípios goianos, e a criação de condições para que 50% dos municípios, em parceria com o Estado, implementem pelo menos um equipamento cultural (como museus, galerias, bibliotecas, casas de espetáculo, cinemas, cineclubes, e casas de cultura).

O plano também prevê a implantação de 15 cines cultura no interior, focados na exibição de filmes de arte e produções alternativas, em colaboração com prefeituras e sob curadoria da Secult Goiás.

Outras metas incluem a capacitação de agentes culturais, iniciativas voltadas à arte e cultura em escolas estaduais, realização de fóruns setoriais de cultura em parceria com a sociedade civil, e aumento das atividades de difusão da cultura goiana, inclusive em âmbito internacional.

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo