DestaqueMagazineManchetesNotíciasSaúde

Chanel cancela desfile de Pequim devido a coronavírus

A Chanel cancelou um desfile na China em maio devido ao surto de coronavírus, informou a casa de moda francesa na terça-feira.

“Considerando a situação atual e seguindo as orientações das autoridades chinesas, a Chanel decidiu adiar seu projeto de uma réplica da coleção Paris – 31 rue Cambon 2019/20 Métiers d’art em maio em Pequim, em Pequim, para um momento posterior e mais apropriado, ”, Dizia o comunicado.

A Chanel estava monitorando a situação de perto, dizendo: “Acima de tudo, a saúde e o bem-estar de suas equipes e clientes”.

Nenhuma nova data foi dada para o show.

A China é um mercado importante e lucrativo para grandes empresas de moda como Chanel, cujos proprietários são os irmãos bilionários franceses Alain e Gerard Wertheimer, e seus rivais como LVMH, Kering e Burberry.

As empresas de luxo já enfrentam um impacto nas vendas do surto de coronavírus ao fechar lojas na China e arquivar campanhas publicitárias na segunda maior economia do mundo.

A Gucci e outras marcas de luxo de propriedade da francesa Kering disseram na semana passada que esperavam multidões menores em seus desfiles este mês, com compradores e influenciadores chineses prontos para perder o grande evento de marketing.

Mostre mais

# Jornal Folha de Goiás

Redação. E-mails: jornalismo@folhadegoias.info / redacao@folhadegoias.info.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo