Crescimento nas vendas do comércio goiano atinge 5º mês consecutivo

Avalie o Post post

Em abril, o comércio goiano registrou um crescimento de 5,2% na variação acumulada do ano em comparação com o mesmo período de 2023. Este foi o quinto mês consecutivo de resultados positivos para o setor, que também acumulou uma alta de 4,1% na variação interanual, comparando abril de 2024 com o mesmo mês do ano anterior. Este é o melhor crescimento para um primeiro quadrimestre desde 2014, de acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), analisada pelo Instituto Mauro Borges (IMB).

A pesquisa também mostra que, na variação acumulada de 12 meses (2,2%), o comércio em Goiás alcançou seu maior valor desde julho de 2021. Na variação mensal com ajuste sazonal, houve um aumento de 0,9% em abril de 2024 em relação ao mês anterior. Este crescimento foi impulsionado principalmente pelas vendas de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos; hipermercados e supermercados; produtos alimentícios, bebidas e fumo; e outros artigos de uso pessoal e doméstico, que cresceram 28,3% no mês de abril.

“O comércio em Goiás continua a apresentar crescimentos notáveis. Com os resultados de abril, completamos cinco meses seguidos de crescimento. Esses resultados são muito importantes para o desenvolvimento da nossa economia”, enfatiza o secretário-geral de Governo, Adriano da Rocha Lima.

No varejo ampliado, Goiás teve um aumento de 22,8% na variação interanual e 8,2% na passagem de março para abril de 2024. O destaque foi para as vendas de veículos, motocicletas, partes e peças, que cresceram 64,6% no mês de abril, a maior alta desde maio de 2021. A atividade de atacado especializado em produtos alimentícios, bebidas e fumo também se destacou, com um crescimento de 21% no mês.

“Os resultados positivos nas pesquisas refletem o fortalecimento do setor, resultado da confiança dos consumidores, o que também impulsiona o crescimento econômico e a geração de empregos em Goiás”, comemora o titular da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), Joel de Sant’Anna Braga Filho.

Contexto Nacional

O comércio brasileiro registrou um aumento de 2,2% no mês de abril em comparação com o mesmo mês do ano anterior e 0,9% na variação mensal com ajuste sazonal. No acumulado do ano e nos últimos 12 meses, o crescimento foi, respectivamente, de 4,9% e 2,7%.

A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) fornece indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do comércio varejista no país, investigando a receita bruta de revenda nas empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, cuja atividade principal é o comércio varejista.

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo