Estado de GoiásGoiâniaGoiásManchetes

Estado de Goiás: 12 suspeitos foram presos em Goiânia por integrar grupo fraudulento que falsificava documentos de veículos

Estado de Goiás: 12 suspeitos foram presos em Goiânia por integrar grupo fraudulento que falsificava documentos de veículos
5 (100%) 13 votes

Estado de Goiás: 12 suspeitos foram presos em Goiânia por integrar grupo fraudulento que falsificava documentos de veículos. Intitulada “Fictus”, a operação apreendeu R $ 86.000 em dinheiro e vários cheques no lar de dois detidos, no Setor Jaó

Jornal Folha de Goiás: 20 setembro 2017 – 18:46

Nesta quarta-feira (20), uma nova operação da Polícia Civil prendeu 12 suspeitos de integrar esquema de falsificação de documentos para dar uma aparência de legalidade a veículos irregulares no Estado de Goiás. Intitulada “Fictus”, a operação apreendeu R $ 86.000 em dinheiro e vários cheques no lar de dois detidos, no Setor Jaó – Goiânia.

A Polícia Civil apura se os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) possuem participação no esquema fraudulento.

O grupo de falsificadores, formado por empresários e despachantes, também são investigado por agiotagem. Além dos mandados de prisão, três outras pessoas foram conduzidas coercitivamente (quando ela é obrigada a prestar depoimento). Outros 19 mandados de busca e apreensão também foram cumpridos. Além do dinheiro, documentos falsos, uma arma e computadores também foram recolhidos.

“Eles agiram falsificando documentos para dar aparência legal a veículos adulterados ou financiados, com medidas administrativas impostas pelo Detran, havia até o especialista em apagar o DUT (Documento Único de Transferência) para tornar a transferência mais fácil”, disse o delegado responsável pelo caso João Victor Costa.

Os suspeitos foram presos em Goiânia, Abadia de Goiás, Palmeiras de Goiás, Goianira, Barro Alto e Itumbiara.

A investigação iniciou cerca de um ano atrás após a prisão de outros que denunciaram o esquema. De acordo com o delegado, cada mudança de documento poderia custar até R $ 2.500. Ele esclareceu que ainda não era possível medir o número de veículos alterados nem o quanto esses envolvidos se beneficiaram com o esquema e a agiotagem.

“Eles atuam de forma sistemática e um colabora com o outro. Muitos dos investigados ​​são suspeitos de agiotagem, o que certamente tornou o grupo mais lucrativo”, complementou.

As investigações continuam com o objetivo de identificar servidores públicos suspeitos de participar no esquema fraudulento.

“Muitos dos investigados ​​foram solicitados pelos clientes para retirar a restrição de sinistro do veículo. Os suspeitos alegaram que eles conheciam pessoas dentro do Detran que cobram um certo montante para realizar a atividade”, disse Costa.

Estado de Goiás: 12 suspeitos foram presos em Goiânia por integrar grupo fraudulento que falsificava documentos de veículos
Reprodução
Estado de Goiás: 12 suspeitos foram presos em Goiânia por integrar grupo fraudulento que falsificava documentos de veículos
Reprodução

 

Continue lendo as últimas notícias de Goiânia no Jornal Folha de Goiás

 

Estado de Goiás, Goiás, Goiânia, Manchetes

 

Related Articles

Deixe uma resposta

Close