Estudantes da rede pública estadual se destacam em Olimpíada de Matemática

5/5 - (10 votes)

54 alunos da rede pública estadual de educação foram premiados na 17ª edição da competição, conquistando medalhas de ouro, prata e bronze

Agosto foi mês de comemoração para os estudantes da rede pública de Goiás que participaram da etapa estadual da 17° edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Ao todo, 54 estudantes conquistaram medalhas de ouro, prata e bronze na competição. A premiação foi entregue pela Universidade Federal de Goiás (UFG).

Entre os medalhistas está Mateus de Souza Mota, aluno da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Estadual da Polícia Militar do Estado de Goiás (CEPMG) Arlindo Costa, de Anápolis. Mateus não só chamou a atenção por ser um dos medalhistas de prata, mas surpreendeu os participantes do evento pela quantidade de medalhas que carregava no pescoço.

O aluno participou pela primeira vez da competição em 2018 e ficou conhecido como o primeiro aluno do CEPMG a entrar para a lista de vencedores da OBMEP. Em 2020, ele começou a se aprofundar nos estudos e participou de outras competições, o que o levou a conquistar mais de dez medalhas.

Outro destaque da 17ª edição da OBMEP é Eduardo Moreira Furtado. O ex-aluno do Colégio Estadual Jardim Europa, em Goiânia, participa da competição desde 2020 e se destacou por estar, novamente, entre os medalhistas de prata. “Fui medalhista na 15ª e 16ª edição e, agora, na 17ª. É muito gratificante estar aqui mais uma vez, pois sei da singularidade que isso representa”, ressalta.

Aprendiz da Matemática

Neste ano, Eduardo Moreira ingressou em uma universidade pública e está cursando Direito. Ele conta que, a partir dos conhecimentos obtidos na olimpíada, foi mais simples estudar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Isso porque o principal artifício para aprender Matemática é a resolução das questões, bem como exercitar o raciocínio lógico. “Como eu estava no Ensino Médio e precisava me dedicar para o Enem, buscava conciliar meus estudos entre a OBMEP e o exame. Acredito que isso me ajudou a ir bem em ambas, o que, consequentemente, me fez entrar na universidade”, afirma o estudante.

Início da jornada

A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é um projeto de nível nacional destinado às unidades escolares públicas e privadas brasileiras. Com o objetivo de estimular o estudo do componente curricular de Matemática, a olimpíada também promove uma série de incentivos para que os alunos do 6° ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio continuem estudando.

De acordo com o coordenador regional de Goiás da OBMEP, Durval José Tonon, a competição de Matemática possui um diferencial. Ele explica que a olimpíada ajuda os jovens a terem um raciocínio diferente e abre um leque de possibilidades para que estes possam desenvolver conhecimentos em diversas áreas. “No geral, a olimpíada funciona como um agente transformador. Ela estimula, fomenta o avanço dos alunos nos estudos e propicia que eles entrem em uma universidade. A OBMEP desperta o interesse para o conhecimento.”

Durval destaca ainda a importância de os jovens participarem desde cedo de competições como essa e parabenizou os vencedores: “Aqui é o início de tudo. Portanto, fiquem orgulhosos por essa conquista!”

 

Estudantes exibem suas medalhas: Olimpíada de Matemática abre possibilidades para que alunos desenvolvam conhecimentos em diversas áreas -Fotos: Divulgação Seduc

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo