Advogado suspeito de torturar crianças que estavam pegando manga foi preso em Goiânia

A denúncia foi feita por um morador que filmava o momento em que o homem amarra um menino e pisa nas costas dele. 

Jornal Folha de Goiás: 30 novembro 2017 – 18:50

Goiânia – Na quinta-feira (30/11), um advogado suspeito por torturar crianças que estavam pegando manga em terreno de Cezarina – Goiás, foi preso. A denúncia foi feita por um morador que filmava o momento em que o homem amarra um menino e pisa nas costas dele.

O advogado foi preso em Goiânia e encaminhado para a Central de Flagrantes e, na sequência, para o presídio de Palmeiras de Goiás, segundo informações da Delegacia de Capturas.

“Fiquei sabendo da prisão do advogado, mas ainda não colhi o depoimento dele. Depois que isso for feito, vou mandar o processo direto para o Poder Judiciário. Ele vai ser indiciado por tortura mesmo”, informa o delegado Dayvison Pedrosa Gerhard.

A agressão do advogado contra as crianças ocorreu no dia 29/10. Três meninos, sendo um de 8, outros de 11 e 12 anos, e uma menina, de 11 anos, disseram que sofreram agressões depois de entrarem em um terreno para apanhar mangas. “Nós fomos pegar manga, aí ficamos lá para chupar manga e ele foi, apareceu, e na hora que eu fui correr, ele deu uma chicotada nas minhas costas e pegou meu sobrinho menor”, falou a garota de 11 anos.

 

Tags: Goiânia, Goiás, Cezarina, Estado de Goiás, Manchetes

 

Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar