Goiás comemora mil transplantes de órgãos realizados no HGG

Avalie o Post post

O Governo de Goiás e a Secretaria da Saúde (SES) comemoram o marco histórico de mil transplantes de órgãos realizados no estado. Todos os procedimentos foram conduzidos no Hospital Estadual Alberto Rassi (HGG), em Goiânia, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A lista de transplantes inclui 940 de rim, 56 de fígado, 3 de medula óssea e 1 de pâncreas. “Estamos conscientizando a população sobre a importância da doação de órgãos, o que nos permite salvar mais vidas”, afirmou o governador Ronaldo Caiado.

O milésimo paciente, Antônio Batista de Freitas, de 59 anos, recebeu um rim no dia 29 de junho, após esperar seis meses na fila. “Achei que era um trote quando recebi a ligação. Estou muito feliz e confiante na recuperação”, disse Antônio.

A cirurgia ocorreu na Central de Transplantes do HGG, reformada e modernizada em 2022 com um investimento estadual de R$ 2,8 milhões. A nova instalação, com 644m², oferece 32 leitos para diversos transplantes, proporcionando maior conforto e segurança aos pacientes. O serviço foi iniciado em 2017.

Sérgio Vencio, secretário-adjunto da SES, destacou a excelência do trabalho realizado pelo HGG. “É gratificante ver a evolução contínua deste hospital”, comentou.

Marcelo Rabahi, coordenador técnico do Idtech, organização que administra o HGG, afirmou que o objetivo é continuar expandindo o atendimento de qualidade. “Nosso foco é oferecer atendimento humanizado e promover qualidade de vida”, finalizou.

A doação de órgãos no Brasil requer autorização familiar. Portanto, é essencial comunicar aos familiares o desejo de ser doador. As doações seguem uma lista de espera única, monitorada pelo Sistema Nacional de Transplantes (SNT).

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo