GoiásInhumasManchetes

Goiás: Lojas de veículos são suspeitas de sonegação em impostos no valor de três milhões em Inhumas

Goiás: Lojas de veículos são suspeitas de sonegação em impostos no valor de três milhões em Inhumas
5 (100%) 1 vote

Goiás: Lojas de veículos são suspeitas de sonegação em impostos no valor de três milhões em Inhumas. Os carros foram comprados como se fossem para empresas de aluguel, mas foram comercializados com terceiros e até com órgãos públicas

Jornal Folha de Goiás: 01/09/2017 – 18:07

Três lojas de Inhuma em Goiás são suspeitas de sonegar R $ 3 milhões em impostos por revenda imprópria de veículos comprados com benefícios fiscais.

Os carros foram comprados como se fossem para empresas de aluguel, mas foram comercializados com terceiros e até com órgãos públicos. A defesa das lojas nega qualquer irregularidade.

A Polícia Civil do Estado de Goiás acredita que o esquema funciona há cerca de um ano. “Uma empresa de aluguel de carros fez a compra de carros como se fosse por ela. Por ser de locação, há uma redução de 10% no valor do carro e 20% no ICMS (Imposto sobre o Movimento de Mercadorias e Serviços)

Então, a loja e os revendedores fizeram uma nota de venda interna, apenas entre eles e os carros foram revendidos “, disse a delegada Ana Cláudia Stoffel.

O delegado fiscal, Fernando Bittencourt, disse que a empresa de aluguel poderia até revender os carros, mas depois de 12 meses ou pagar a diferença no valor do ICMS. Além disso, as empresas tiveram vantagens em processos de licitação junto com governos municipais e órgãos públicos.

“Como eles compraram esses carros mais baratos, eles ofereceram preços de oferta menores para fornecer ambulâncias, carros de polícia, para a Assembleia Legislativas do Estado de Goiás e outros estados. Com isso, teve concorrência desleal com aqueles que estavam dentro da lei”, disse ele. Ele explica ainda que os órgãos não estavam cientes da fraude.

Por telefone, o advogado Hugo Mendanha, que representa as empresas investigadas pela polícia, Celsinho Automóveis, Premium Locadora de Veículos e Neves e Neves, negou as acusações.

“Tivemos um acesso muito rápido ao inquérito e ainda não conhecemos a totalidade. No entanto, não há tal irregularidade, a loja comprou os veículos, mas respeitou todo o tempo necessário para fazer a revenda”, explicou.

As empresas investidas terão que pagar os valores devidos em impostos. Os proprietários serão indiciados por falsidade ideológica, associação criminosa e também investiga se há sinais de lavagem de dinheiro.

“Os consumidores que compraram esses carros conheciam frequentemente o esquema. Pedimos o bloqueio judicial desses veículos e os proprietários terão de pagar a diferença de valor que foi sonegada”, concluiu a delegada Ana Cláudia Stoffel.

 

Goiás: Lojas de veículos são suspeitas de sonegação em impostos no valor de três milhões em Inhumas
Goiás: Lojas de veículos são suspeitas de sonegação em impostos no valor de três milhões em Inhumas

 

Goiás, Inhumas, Manchetes

Related Articles

Deixe uma resposta

Close