Governo de Goiás suspende pagamento do IPVA vencido neste fim de semana para migração de débitos

O Governo de Goiás anunciou uma suspensão temporária do pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) neste próximo fim de semana, nos dias 9 e 10 de dezembro. Durante esse período, a emissão de boletos que contenham débitos referentes ao IPVA 2023 será interrompida no site do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO). Isso se deve à necessidade de migrar os débitos vencidos para o sistema da Secretaria da Economia.

A partir de segunda-feira, dia 11 de dezembro, os proprietários com IPVA atrasado poderão emitir o Documento de Arrecadação (Dare) exclusivamente pelo site da Secretaria da Economia. O processo é simples: basta acessar a seção de IPVA e, em seguida, a aba de Débitos para obter o documento necessário para regularização do tributo.

Entretanto, é importante destacar que débitos referentes ao licenciamento anual e outras taxas administradas pelo Detran-GO continuarão sendo emitidos nos canais habituais, como o site da autarquia, o aplicativo DetranGO ON e os postos de atendimento. Vale salientar que somente após a regularização de todos os débitos (IPVA e Licenciamento) será possível emitir o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo.

Jorge Arêas, gerente do IPVA na Secretaria da Economia, recomendou aos contribuintes que evitem o pagamento do boleto durante o período de migração dos dados. Ele orienta que a quitação seja realizada até sexta-feira ou, então, que se aguarde até segunda-feira para emitir o Dare no site da Economia. Arêas também alerta os motoristas que planejam utilizar seus veículos no sábado ou domingo a regularizarem a situação até sexta-feira.

Além disso, a partir de segunda-feira, proprietários de veículos com final de placa 1 e 2 e IPVA 2023 vencido terão a opção de parcelar o valor em até seis vezes. Esse parcelamento estará disponível pela Secretaria da Economia para débitos vencidos há mais de 90 dias. Para simular as parcelas, basta acessar o site da Economia no menu IPVA e, em seguida, na seção de Débitos, informando placa e Renavam.

Para os demais finais de placa, cujo calendário de pagamento foi encerrado em outubro, a possibilidade de parcelamento estará disponível a partir de janeiro de 2024. Jorge Arêas aconselha aqueles interessados em parcelar a esperar a migração dos dados e acessar o site da Economia a partir de segunda-feira, especialmente para os finais de placa 1 e 2.

Arêas destaca ainda a importância de buscar a regularização o quanto antes após a migração para o sistema da Economia, considerando que, após o início do processo administrativo tributário, a pasta tem um prazo de 90 dias para inscrever o débito na Dívida Ativa.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo