DestaqueEconomiaManchetesMundo

Jornais de Goiânia – J&J contribuirá com até US $ 5 bilhões para potencial acordo de opioides nos EUA

A Johnson & Johnson informou nesta terça-feira (13/10) que vai contribuir com até US $ 1 bilhão a mais para um possível acordo de ações judiciais alegando que ela e outras empresas alimentaram a epidemia de opioides nos EUA, elevando seu pagamento total para US $ 5 bilhões.

A farmacêutica com sede em New Brunswick, New Jersey, aceitou em outubro passado o acordo de US $ 4 bilhões negociado com um grupo de procuradores-gerais do estado.

Essa proposta também pedia que os distribuidores de medicamentos McKesson Corp  , Cardinal Health e AmerisourceBergen pagassem US $ 18 bilhões combinados, mas a estrutura encontrou resistência de alguns estados e governos locais.

As negociações estão em andamento desde então, e os valores em dólares estão mudando. A J&J em um comunicado disse que o adicional de US $ 1 bilhão reflete a continuidade das negociações e que os termos adicionais estão sendo finalizados.

Paul Hanly, principal advogado dos governos locais em ações judiciais federais contra fabricantes e distribuidores de opioides, disse em um comunicado que os advogados dos demandantes estavam “muito satisfeitos” com o acordo da J&J para resolver os casos.

“Estamos esperançosos de que outras empresas que defendem os inúmeros litígios vejam a sabedoria desse passo em frente”, disse ele.

Mais de 3.000 ações judiciais foram movidas em todo o país, em grande parte por estados, condados e municípios que procuram responsabilizar as empresas farmacêuticas pela epidemia de dependência de opiáceos nos Estados Unidos.

Os processos geralmente acusam as farmacêuticas, incluindo a J&J, de fazer propaganda enganosa de opioides e os distribuidores de ignorar os sinais de alerta que indicam que os analgésicos estão sendo desviados para usos indevidos.

As empresas, incluindo a J&J, negam irregularidades. A J&J está apelando separadamente de uma sentença de $ 465 milhões que o estado de Oklahoma ganhou contra ela no primeiro caso a ir a julgamento no litígio.

Mostre mais

# David Santos

David Santos é colunista convidado de São Paulo, especialista em economia , mercado, agronegócio, Brasil e mundo. E-mail: opiniao@folhadegoias.info.    Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo, sendo de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo