Jornal de Goiás – Bancos públicos venderão ativos “na hora certa”, diz secretário de Desestatização

Na “hora certa” os bancos públicos vão começar a vender seus ativos, disse nesta quinta-feira o secretário de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia, Salim Mattar, após citar privatizações já realizadas.

“Isso vai acontecer… O Estado é gigantesco. Temos que reduzir o tamanho do Estado”, afirmou Mattar em evento em São Paulo.

Questionado se havia alguma empresa pública que não poderia ser privatizada, Mattar respondeu que “tudo ou quase tudo” é passível de privatização e que talvez o maior desafio do governo seja manter uma boa relação com o Legislativo.

“Vamos tomar a sopa pelas bordas”, disse, acrescentando haver mais de 130 empresas públicas a serem privatizadas.

Mostre mais

# Reuters

Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo