Jornal Folha de Goiás – Anater ministra mais um curso de formação de agentes de assistência técnica rural

Cerca de 130 profissionais são capacitados para executarem o Programa Produzir Brasil na região Centro-Oeste. O objetivo é assistir as famílias de agricultores assentados tituladas ou em processo de titulação.

A Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) iniciou o mês de fevereiro dando continuidade aos cursos de formação a distância de agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). Nesta semana, entre os dias 1º e 6, cerca de 130 profissionais estão sendo capacitados para executar o Programa Produzir Brasil na região Centro-Oeste.  A política pública tem o objetivo de assistir as famílias de agricultores assentados tituladas ou em processo de titulação.

Os cinco dias de aulas online são organizados de acordo com a área de Formação da Anater. Temas como Associativismo e Cooperativismo, Bioeconomia, Ater Digital, Projeto Individual e Coletivo de Ater, e Plano de Desenvolvimento Sustentável dos Assentamentos fazem parte da grade curricular. As aulas são focadas na metodologia, na prática e na execução de Ater pelo Sistema de Gestão de Ater, implementado pela Anater.

“Apesar de trabalharmos o atendimento individual, o nosso foco é a coletividade. Todos os beneficiários vão receber Ater na modalidade individual, mas também coletiva. Esse é o grande diferencial”, explicou a instrutora da Agência, Iracema de Paula, que aplica a metodologia com o instrutor César Peres.

A formação é promovida em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). O curso, com 40 horas, conta com palestrantes de ambos parceiros.

A coordenadora-geral de cooperativismo da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Mapa, Fabiana Durgant, ressaltou o trabalho em conjunto com a Anater. “Temos um alcance muito grande com essa ferramenta que a Agência utiliza. É gratificante participar de um programa tão robusto e falar sobre associativismo e cooperativismo. É uma parceria maravilhosa que gera muitos frutos”.

Os agentes capacitados são das seis empresas privadas que foram selecionadas por meio de chamada pública do Programa Produzir Brasil. A execução das atividades em campo iniciará após a formação dos profissionais.

O público beneficiário totaliza cerca de 3.600 famílias, de 47 assentamentos em 31 municípios de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O curso ainda terá continuação nos dias 10 e 11 deste mês, para os coordenadores e também suporte social das equipes de agentes de Ater para atuarem nos locais direcionados pela chamada pública.

 

Informações: MAPA

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido!