Jornal Folha de Goiás – Crescimento de Coreia do Sul desacelera a seu nível mais baixo

A taxa de crescimento sul-coreano desacelerou 2,7% em 2018, seu nível mais baixo em seis anos, anunciou o Banco Central nesta terça-feira, enquanto que popularidade do presidente Moon Jae-in baixou nas pesquisas pelas preocupações causadas pelo que o estado da 11a. economia mundial.

O descontentamento dos sul-coreanos com a estagnação, particularmente a taxa de desemprego relativamente alta entre os jovens, prejudicou a popularidade do presidente, que só tem 50% de opiniões favoráveis, ante os 80% em maio, após sua primeira reunião com o líder norte-coreano Kim Jong Un.

A falta de progresso nas discussões sobre a desnuclearização norte-coreana entre Washington e Pyongyang também afetou a popularidade do presidente.

A taxa de crescimento de 2018 caiu 0,4 ponto percentual em relação ao ano anterior, acrescentou o Banco da Coréia, ou seja, o menor valor desde os 2,3% registrados em 2012.

A economia sul-coreana é muito dependente das exportações e foi indiretamente atingida pela desaceleração da economia chinesa, seu maior parceiro comercial.

O país também é afetado pela guerra comercial entre a China e os Estados Unidos, as duas primeiras economias do mundo.

No entanto, o Banco Central anunciou um fortalecimento no último trimestre do ano passado, com um aumento do crescimento do PIB de 3,1%, causado pelos gastos públicos e investimentos em construção e infraestrutura.

Mostre mais

# AFP

AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo