Jornal Folha de Goiás – Escola de Saúde de Goiás comemora resultados do primeiro semestre

Entre as ações em saúde e gestão de pesquisas científicas estão 15 editais publicados, 457 profissionais matriculados em residências médicas e multiprofissionais e mais de 3,6 mil estágios

A Superintendência da Escola de Saúde de Goiás (Sesg), da Secretaria de Estado da Saúde, divulgou números expressivos de ações realizadas na educação permanente em saúde e na gestão das pesquisas científicas realizadas nas unidades do Governo de Goiás. Os dados foram divulgados no dia 22 de junho, durante balanço da gestão, no auditório da ESG.

Na área de educação em saúde, a ESG contabilizou 15 editais publicados só no primeiro semestre, dos quais 7 para seleção de docentes e 8 para seleção de discentes, 21 cursos autoinstrucionais para profissionais de saúde e comunidade em geral na plataforma Educa Saúde e duas turmas do eixo transversal em andamento.

No mesmo período, o número de matriculados em residências médicas e multiprofissionais oferecidos pelo Governo de Goiás e coordenados pela ESG também atingiu a meta. No total, 475 profissionais de saúde – entre médicos e profissionais de outras áreas da saúde – fazem especialização dentro das unidades hospitalares goianas.

O quantitativo de estágios oferecidos neste primeiro semestre pelo Governo de Goiás por meio da ESG e instituições parceiras é outro dado que impressiona: são 3.684 vagas distribuídas entre acadêmicos de medicina (1.012), acadêmicos de outras áreas da saúde (1.873) e cursos técnicos (799).

Revista científica 
Já na área de pesquisa, a ESG, por meio da Gerência de Pesquisa e Inovação, contabilizou 253 pesquisas científicas em execução e 85 pesquisas científicas finalizadas só no nestes primeiros seis meses de gestão. A equipe editorial da Revista Científica do Estado de Goiás (Resap) também comemora o aumento significativo de submissões de artigos científicos no primeiro semestre de 2023.

No total, 39 artigos científicos já foram publicados. “A quantidade de artigos científicos publicados mais que triplicou em relação ao ano passado. Isso é incrível, e estamos muito orgulhosos de ver a Resap ganhando tanta relevância no mundo científico”, destaca a gerente de Pesquisa e Inovação, Fernanda Pimenta.

Para a superintendente da ESG, Rafaela Veronezzi, os números expressivos refletem o resultado do trabalho de uma equipe muito bem alinhada. “A Escola de Saúde de Goiás tem o privilégio de contar com uma equipe técnica qualificada e engajada, o que proporciona excelência e agilidade nas entregas”, avalia.

A Sesg/SES-GO atua na formação de profissionais de saúde em diversas áreas de conhecimento e níveis de formação, incluindo pós-graduação latu sensu, e, em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), oferece mestrado profissional em saúde coletiva.

 

Escola de Saúde de Goiás

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo