BrasilDestaqueGoiâniaGoiásManchetesSaúde

Jornal Folha de Goiás – Isolamento social é o que vai evitar sobrecarga de sistemas de saúde, diz diretora da Opas

Nesta terça-feira (31), a diretora da Organização Pan Americana de Saúde (Opas), Carissa Etienne, fez um pronunciamento em que afirmou que a pandemia da Covid-19 é grave e que os países das Américas precisam fazer tudo o que estiver ao alcance para mitigar o impacto da doença. Sobretudo, assegurar a eficácia do isolamento social para que os sistemas de saúde não fiquem sobrecarregados.

A conferência aconteceu na sede da OPAS em Washington, nos Estados Unidos, e foi transmitida pela internet.

De acordo com a diretora do órgão, os países devem proteger seus profissionais da saúde como nunca antes, capacitando-os e oferecendo equipamentos de proteção individual para longo prazo, já que eles estarão à frente nessa batalha.

Carissa Etienne afirmou, ainda, que compete a cada país decidir quais são as medidas a serem tomadas, para quem e durante quanto tempo, e que sejam implantadas o quanto antes, pois é a única maneira de impedir que os hospitais fiquem sobrecarregados com doentes num período de tempo muito curto.

Ela defendeu ainda que é prudente que os países planejem medidas para os próximos dois ou três meses e que as nações trabalhem em conjunto, compartilhando recursos e conhecimentos e tomando decisões conjuntas que acelerem o acesso a serviços de saúde.

Após o pronunciamento da diretora, jornalistas puderam fazer perguntas. Jarbas Barbosa, vice-diretor da Opas, ao ser questionado sobre a importância da quantidade de leitos em Unidades de Terapia Intensiva na luta contra a pandemia, afirmou que a disponibilidade de UTIS’s, CTI’s, leitos e ventiladores é uma parte muito importante da resposta.

Segundo ele, no Brasil, em especial, a taxa de unidades de cuidados intensivos e leitos por habitante se compara aos países europeus, ou seja, o problema não é somente o número, mas sim a forma como se vai utilizar.

Barbosa ressaltou ainda que os países podem adotar outras medidas, como a teleconsulta, a telemedicina, a utilização de serviços de atenção primária para a triagem, a informação, de maneira que os casos leves possam ser tratados adequadamente, com os pacientes em suas casas.

Tags
Mostre mais

# EBC

EBC

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar