CiênciaDestaqueManchetesSaúde

Jornal Folha de Goiás – Japonês é confirmado como o homem mais velho do mundo com 112 anos

Banhos quentes e um jornal diário são o segredo para uma longa vida que parece.

Masazo Nonaka, do Japão, foi reconhecido na terça-feira como o homem mais idoso do mundo, na idade madura de 112 anos, enquanto sua família revelava seu segredo: doces e banhos quentes.

Nonaka, que nasceu em 25 de julho de 1905 – apenas alguns meses antes de Albert Einstein publicar sua teoria da relatividade especial – recebeu um certificado do Guinness World Records em casa, na ilha de Hokkaido, no norte do Japão.

O supercentenário vive com sua família, que administra uma pousada de águas quentes.

“Ele precisa de uma cadeira de rodas para se mover, mas está em boas condições”, disse Yuko Nonaka, sua neta.

“Ele adora comer qualquer tipo de doce – estilo japonês ou ocidental”, disse ela à AFP.

“Ele lê jornais todos os dias e, muitas vezes, absorve as fontes termais”.

Ele tem sete irmãos e uma irmã que moram perto da cidade de Ashoro, em Hokkaido.

Ele se casou com Hatsuno em 1931 e o casal teve cinco filhos, de acordo com o Guinness World Records.

Nonaka assumiu oficialmente o título depois que Francisco Nunez Olivera, da Espanha, morreu em fevereiro aos 113 anos, informou a organização.

O Guinness World Records está atualmente investigando possíveis candidatos para o título de pessoa viva mais velha, já que ninguém foi reconhecido desde que Violet Brown, da Jamaica, faleceu em julho de 2017, aos 117 anos.

O Japão, conhecido pela longevidade de seu povo, abriga vários detentores de títulos mais antigos, incluindo Jiroemon Kimura, que morreu em junho de 2013 aos 116 anos.

Há cerca de 68 mil pessoas com 100 anos ou mais no país, disse o governo no ano passado.

Jornal Folha de Goiás – Japonês é confirmado como o homem mais velho do mundo com 112 anos
5 (100%) 1 vote
Tags

# Joana

Joana é colunista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *