Jornal Folha de Goiás - Mais de 10 milhões de trabalhadores não sacaram o crédito extraordinário do FGTS
Jornal Folha de Goiás - Mais de 10 milhões de trabalhadores não sacaram o crédito extraordinário do FGTS. Imagem/Freepik
/////

Jornal Folha de Goiás – Mais de 10 milhões de trabalhadores não sacaram o crédito extraordinário do FGTS

2 minutos de leitura

Cerca de 12 milhões de trabalhadores não sacaram o crédito extraordinário do FGTS, o que equivale a um valor de aproximadamente R$ 8 bilhões. É possível retirar o dinheiro até o dia 15 de dezembro. O valor pago é de até R$ 1 mil por trabalhador, considerando a soma dos saldos disponíveis de todas as contas do FGTS que ele tiver.

O calendário começou em 20 de abril e foi estabelecido de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. O Saque Extraordinário do FGTS ocorrerá uma única vez. O crédito é realizado em Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. Nos casos em que o valor não cair automaticamente na conta do trabalhador, é necessário pedir a liberação dos recursos.

Após o crédito dos valores, é possível pagar boletos e contas, utilizar o cartão de débito virtual para pagamento em lojas, sites ou aplicativos, além de fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos pagando com o QR code nas maquininhas, tudo por meio do aplicativo Caixa Tem.

O valor também pode ser transferido para outras contas bancárias da Caixa ou de outro banco. Ainda é possível realizar transações por meio do Pix, efetuar saque nos terminais de autoatendimento da Caixa e nas casas lotéricas.

No caso do titular com mais de uma conta do FGTS, o saque é feito na seguinte ordem: primeiro, as contas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela que tiver o menor saldo; em seguida, as demais contas vinculadas, com início pela conta que tiver o menor saldo. Não estão disponíveis para saque os valores que estiverem bloqueados na conta do FGTS, como garantia de operações de crédito de antecipação do Saque Aniversário, por exemplo.

A liberação dessa modalidade de saque extraordinário ocorreu por meio de uma medida provisória com o objetivo de reduzir o comprometimento da renda e endividamento das famílias em função da crise sanitária provocada pela Covid-19. O crédito do Saque Extraordinário do FGTS já foi realizado no Caixa Tem para 45,26 milhões de trabalhadores, no total de R$ 30,98 bilhões.

E se o trabalhador não quiser realizar o saque?

Nesse caso, ele poderá indicar que não deseja receber o Saque Extraordinário do FGTS, por meio do Aplicativo FGTS ou indo a uma das agências da Caixa para informar que não quer receber o crédito.

Após o crédito na Conta Poupança Social Digital, o trabalhador ainda pode optar por desfazê-lo, por meio dos mesmos canais, até 10 de novembro de 2022.

Caso o crédito dos valores tenha sido feito na Poupança Social Digital do trabalhador e essa conta não seja movimentada até 15 de dezembro de 2022, os recursos serão retornados à conta do FGTS, devidamente corrigidos e sem nenhum prejuízo ao trabalhador.

Como medida de segurança, a Caixa alerta que não envia mensagens com solicitação de senhas, dados ou informações pessoais. Também não envia links ou pede confirmação de dispositivo ou acesso à conta por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Serviços do Saque Extraordinário do FGTS

    • Aplicativo FGTS e agências:

– Consultar o valor a ser creditado

– Consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital

– Informar que não quer receber o crédito do valor

– Solicitar o retorno do valor creditado para a conta FGTS

– Alteração cadastral para criação de Conta Poupança Social Digital

O aplicativo do FGTS está disponível gratuitamente nas lojas Google Play e Apple Store.

    • Site fgts.caixa.gov.br:

– Consultar se o trabalhador tem direito ao Saque Extraordinário do FGTS

– Consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital

Deixe um comentário

Mais recente de Blog

SOBRE

Jornal Folha de Goiás é um portal de notícias que produz conteúdos com responsabilidade, credibilidade e sabe da importância de colaborar com  o crescimento do Brasil.

TOP AUTORES

Gil Campos é publicitário e jornalista. E-mail: [email protected]

Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Samira Jorge é a fundadora e jornalista do jornal Folha de Goiás . E-mail: [email protected]

EBC.

Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Newsletter

Jornal Folha de Goiás. Copyright 2012-2022. All rights reserved.

error: O conteúdo está protegido!