Jornal Folha de Goiás - Oleaginosas podem complementar pratos e servir como pequenas refeições
Jornal Folha de Goiás - Oleaginosas podem complementar pratos e servir como pequenas refeições. Imagem/Freepik
/////

Jornal Folha de Goiás – Oleaginosas podem complementar pratos e servir como pequenas refeições

2 minutos de leitura

Castanhas, nozes, amêndoas e amendoins têm vários usos culinários. Os alimentos desse grupo são ricos em minerais, vitaminas, fibras, gorduras saudáveis (gorduras insaturadas) e antioxidantes que previnem várias doenças. Por exigirem pouco ou nenhum preparo são excelentes opções para pequenas refeições.

Mariana Melendez, nutricionista do ambulatório de cirurgia bariátrica do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), em Brasília/DF, explica que esses alimentos são fonte de energia para o organismo, pois possuem uma grande quantidade de carboidratos. “Os carboidratos não devem ser vilanizados, pois se o paciente faz um plano alimentar com profissional de saúde, ele certamente vai incluir o carboidrato na alimentação, valorizando a qualidade desse carboidrato”, defende.

Castanhas, nozes, amêndoas e amendoins são ingredientes de saladas, molhos e várias preparações culinárias salgadas e doces, como farofas, paçocas, pé de moleque e também podem ser adicionados a saladas de frutas. Atenção aos alimentos adicionados de sal ou açúcar, porque são alimentos processados, portanto, o consumo deve ser limitado.

De acordo com o “Guia Alimentar para a População Brasileira”, alimentos embalados devem estar dentro do prazo de validade, a embalagem deve estar lacrada e livre de amassados, furos ou áreas estufadas, e o conteúdo não deve apresentar alterações de cor, cheiro ou consistência.

Segundo a nutricionista, a alimentação não deve ser avaliada apenas a partir do índice calórico, mas valorizando a qualidade dos alimentos. “Imagine duas dietas com os mesmos índices calóricos, só que uma delas é rica em alimentos ultraprocessados e a outra rica em alimentos in natura. Estudos mostram que a dieta rica em alimentos ultraprocessados tem ganho de gordura corporal muito maior do que a dieta in natura”, exemplifica.

Dedicar tempo para limpar geladeira, fogão, armários, prateleiras, chão e paredes contribui para preservar a qualidade dos alimentos adquiridos ou das preparações feitas. Além disso, cozinhar em um ambiente limpo e organizado torna esse momento mais prazeroso, diminui o tempo de preparação das refeições e favorece o convívio entre as pessoas.

Alimentação saudável

Durante o mês de outubro, em razão do Dia Mundial da Alimentação, o Ministério da Saúde disponibiliza uma série de vídeos sobre hábitos alimentares em cada etapa da vida, por meio do canal no Youtube.

Receitas

Para conhecer receitas e formas de preparo dos alimentos in natura ou minimamente processados, que valorizam a cultura alimentar brasileira, acesse a publicação “Na cozinha com as frutas, legumes e verduras”.

Segundo o Ministério da Saúde, a valorização e o incentivo do consumo de frutas, legumes e verduras representam uma importante estratégia de promoção da saúde e de alimentação adequada e saudável, contribuindo para a melhoria do padrão alimentar e nutricional e para a redução de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT).

Deixe um comentário

Mais recente de Blog

SOBRE

Jornal Folha de Goiás é um portal de notícias que produz conteúdos com responsabilidade, credibilidade e sabe da importância de colaborar com  o crescimento do Brasil.

TOP AUTORES

Gil Campos é publicitário e jornalista. E-mail: [email protected]

Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Samira Jorge é a fundadora e jornalista do jornal Folha de Goiás . E-mail: [email protected]

EBC.

Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo.

Newsletter

Jornal Folha de Goiás. Copyright 2012-2022. All rights reserved.

error: O conteúdo está protegido!