BrasilDestaqueManchetes

Jornal Folha de Goiás – Operação desarticula esquema de fraude milionária em São Paulo

Criminosos desviaram cerca de R$ 2 milhões com a concessão de 18 benefícios previdenciários irregulares

A Força-Tarefa Previdenciária e Trabalhista deflagrou nas cidades paulistas de Presidente Prudente e Presidente Venceslau, a operação Falso Registro. Durante a ação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão com a finalidade de coletar informações sobre fraudes na concessão de benefícios previdenciários.

A organização criminosa utilizava cinco empresas para a inserção de diversos vínculos empregatícios falsos nos sistemas da Previdência Social, mediante entregas de Guia de Recolhimento e Informações à Previdência Social (GFIP) extemporâneas. O esquema criminoso desviou recursos para diversas pessoas que receberam do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), pelo menos, 18 benefícios previdenciários embasados nessas relações trabalhistas falsas. Entre os benefícios desviados, estão auxílios-doença, aposentadorias e pensão por morte.

Segundo a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (CGINT) da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, o prejuízo foi de quase R$ 2 milhões. Porém, com a desarticulação do esquema criminoso, houve uma economia de pelo menos R$ 5 milhões, em valores futuros que continuariam sendo pagos aos supostos beneficiários, considerando a expectativa de sobrevida média da população brasileira. A operação contou com a participação de oito policiais federais.

Tags
Mostre mais

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar