BrasilEconomiaGoiâniaGoiásManchetesPolítica

Jornal Folha de Goiás – Popularizar mineradoras está entre as metas do governo para os próximos anos

O Ministério de Minas e Energia divulgou nesta quinta-feira (11) o balanço dos primeiros 100 dias de governo e as metas da pasta para os próximos anos.

O ministro Bento Albuquerque destacou que espera popularizar a mineração no país, abrindo novas áreas de exploração.

Sobre as recentes tragédias com os rompimentos de barragens em Minas Gerais, o ministro ressaltou que trabalha, também, para aprimorar o poder de fiscalização da Agência Nacional de Mineração.

Foram transferidos 24 servidores para a Agência de Mineração, 11 estão em processo de transferência e 32 funcionários fizeram curso para fiscalização do setor.

O ministro diz que até o final do ano espera ter um quadro mais completo na agência responsável por fiscalizar as barragens.

Além de popularizar a mineração, o ministro Bento Albuquerque citou como prioridades para a pasta, a construção do linhão para ligar Roraima ao Sistema Elétrico Nacional, obra prevista para começar no 2º semestre deste ano e ser finalizada até 2021.

Hoje, Roraima é abastecida por termelétricas, que tem um custo mais alto.

Também foram citados como metas a construção da Usina de Angra 3, a privatização da Eletrobrás, por meio da capitalização dos ativos da estatal e uma série de leilões de campos de petróleo, como o da cessão onerosa do pré-sal.

Foram citadas como metas a conclusão do acordo com o Paraguai para definir a distribuição e comercialização da energia de Itaipu, além de mudanças nas regras de funcionamento do setor elétrico.

Avalie esta postagem
Tags

# EBC

EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo