Jornal Folha de Goiás – Primeiro dia da Campanha de Vacinação Antirrábica em Goiânia imuniza mais de 28 mil cães e gatos

Iniciativa ocorreu neste sábado (16/9) em 405 pontos da Capital e garantiu a imunização de 28.757 animais, sendo de 24.898 cachorros e 3.859 gatos. Ação continua até o dia 30 de setembro

No primeiro dia da Campanha de Vacinação Antirrábica, promovida pela Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 28.757 doses foram aplicadas, sendo 24.898 em cachorros e 3.859 em gatos. A ação, realizada neste sábado (16/9), disponibilizou 405 pontos de vacinação, distribuídos nos sete distritos sanitários de Saúde da Capital.

Durante esta semana, de segunda-feira (18/9) a sexta-feira (22/9), das 9h às 17h, as doses continuam disponíveis nas sedes dos distritos sanitários das regiões Sul, Leste e Campinas/Centro, além de quatro pontos fixos, como a Unidade de Vigilância em Zoonoses, a Unidade de Pronto Atendimento Veterinário (UPAVet), além da Escola de Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás (UFG) e da Faculdade de Veterinária da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC).

Nesses locais e nas sedes dos distritos, haverá doses disponíveis até o dia 7 de outubro. O morador de Goiânia que tiver acima de cinco animais pode agendar a vacinação pelos telefones: 3524-3131, 3524-3129 (WhatsApp) e no 3524-3130 (plantão).

A Secretaria Municipal de Saúde alerta que o vírus da raiva tem circulado em áreas urbanas e há risco de transmissão da doença para animais domésticos e para humanos. “A vacina é a melhor forma de proteção contra a raiva, que é uma doença grave e altamente letal. Por isso, a continuidade das ações de vacinação”, salienta o diretor de Vigilância em Zoonoses, Murilo Mariano Reis.

Raiva

A raiva é uma doença grave que pode ser transmitida tanto para o ser humano como para os animais pela saliva de mamíferos infectados por meio de mordidas, arranhões, lambidas ou machucados. Tanto na área urbana quanto nas zonas rural e silvestre o morcego é o reservatório do vírus e fonte de transmissão para os outros animais, como bois, cavalos e micos.

Na área urbana, a raiva é mais comumente transmitida por cães e gatos contaminados. Esses animais com suspeita de raiva apresentam sintomas como salivação espessa e excessiva, paralisia, falta de apetite, hidrofobia, fotofobia, dilatação das pupilas, além de alterações de comportamento, como agressividade, autoataque, cansaço e reclusão em locais escuros.

 

Confira os locais de vacinação de segunda-feira (18/9) a sexta-feira (22/9):

  • Distrito Sanitário Sul: Praça C-221, sem número, Jardim América
  • Distrito Sanitário Leste: Avenida Cristóvão Colombo, 136, Jardim Novo Mundo
  • Distrito Sanitário Campinas/ Centro: Rua 67-A, 221, Setor Norte Ferroviário
  • Unidade de Vigilância em Zoonoses: Rodovia GO-020, Km 08, Fazenda Vau das Pombas
  • Unidade de Pronto Atendimento Veterinário (UPAVet): Avenida José Martins Guerra, sem número, Jardim Balneário Meia Ponte
  • Escola de Veterinária e Zootecnia da UFG: Rua R-2, 1.853, Chácaras Califórnia
  • Faculdade de Veterinária da PUC: Câmpus II, Avenida Engler, 507, Jardim Mariliza

 

 

 

Secretaria Municipal de Saúde (SMS) – Prefeitura de Goiânia

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo