Jornal Folha de Goiás – Saúde lança projeto de usina solar em hospitais de Goiás

Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) lançou o projeto da primeira usina solar de um hospitais de Goiás, no Hospital Centro Norte Goiano (HCN), em Uruaçu. O lançamento aconteceu na segunda-feira (05/06), durante a abertura da Semana do Meio Ambiente, que discute o tema “Sustentabilidade nos hospitais: em busca do ESG”.

O evento é realizado pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (Imed), em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e o Instituto Federal de Uruaçu (IFG), até quarta-feira, 5 de junho, em diversos locais de Uruaçu.

Precisamos trabalhar juntos e valorizar iniciativas que também visam ao bem coletivo, como a de sustentabilidade que foi incorporada ao Hospital Centro Norte Goiano, e que está sendo ampliada, afirmou o assessor de relações institucionais da SES-GO, Fernando Jesus.

 

USINA SOLAR EM HOSPITAIS

Maria Caroline Duas, diretora do Imed (organização social que administra o HCN), destacou que o projeto de usina solar em hospitais tem o objetivo de transformar a vida das pessoas de forma positiva.

O projeto da usina solar deverá entrar em execução no prazo de um ano, e a expectativa é que possa gerar energia suficiente para pagar, inicialmente, o valor de uma conta de energia do hospital por ano, valor equivalente a 200 mil reais, que poderá ser revertido para o tratamento de pacientes, afirmou.

 

SUSTENTABILIDADE NO HCN

O HCN foi o segundo hospital público do Brasil com sistema de monitoramento de “utilities”, com painel de controle para acompanhar o consumo de água e energia. A unidade ainda tem implantadas ações para maior sustentabilidade ambiental, como:

  • uso racional de água;
  • eficiência energética;
  • gerenciamento adequado de resíduos sólidos;
  • criação de indicadores socioambientais;
  • cálculo da pegada de carbono e da emissão de gases de efeito estufa dos hospitais.

Todas essas ações têm o intuito de mitigar a pegada de carbono (total de emissões de gases de efeito estufa) da unidade, promovendo a saúde dos usuários com maior qualidade de vida e bem-estar, mas também cuidando da saúde do planeta.

 

 

Fonte: Governo do Estado de Goiás.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo