Jornal Folha de Goiás – Seguros agrícolas para frutas serão avaliados em videoconferência do Mapa

Evento virtual aberto a produtores será no dia 17 de setembro às 15 horas. Objetivo é avaliar e propor aperfeiçoamentos nos produtos e serviços ofertados pelas seguradoras

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizará no dia 17 de setembro (sexta-feira), às 15h, uma videoconferência do projeto Monitor do Seguro Rural dedicada ao terceiro grupo de frutas, que inclui abacate, caju, figo, goiaba, graviola, lima, limão, maçã, manga, melão, morango e uva. O objetivo é avaliar e propor aperfeiçoamentos nos produtos e serviços ofertados pelas seguradoras, que estudam aprimorar os seguros com coberturas mais aderentes às necessidades dos produtores.

Para participar da videoconferência, basta acessar o link da plataforma Teams na data e horário agendados: tinyurl.com/msrfrutas

O trabalho é coordenado pelo Departamento de Gestão de Riscos do Mapa e terá a participação de produtores com o apoio das entidades representativas do setor, cooperativas, associações, revendas de insumos, companhias seguradoras, empresas resseguradoras, corretores, peritos e instituições financeiras.

No caso desse terceiro grupo de frutas que está sendo avaliado no Monitor, o seguro rural teve 10.841 apólices subvencionadas pelo Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) no ano de 2020, sendo a uva o destaque principal, representando cerca de 83% do total de apólices deste grupo, seguida pela maçã.

“Depois de grãos, o seguro agrícola de frutas é a que mais tem crescido nos últimos anos no Brasil. São produtores que têm uma percepção de risco climático e fazem a gestão desses riscos usando instrumentos como o seguro. O evento será uma oportunidade de os produtores e técnicos dialogarem com as seguradoras para compreender o desenho dos produtos de seguro agrícola que estão disponíveis no mercado”, explica secretário de Política Agrícola do Mapa, Guilherme Bastos. Para 2022, os produtores de frutas poderão contratar o seguro rural com subvenção federal de 40%, independente do produto escolhido.

O seguro rural referente às frutas, dependendo do produto e seguradora, protege os pomares da desvalorização dos frutos e de perda de produção ocasionados por um ou mais eventos. O seguro oferece coberturas especificas para cada cultura que podem variar de riscos nomeados, em que o produtor escolhe os riscos cobertos como geada e granizo, e a cobertura multirrisco com coberturas por riscos diversos como tromba d’água, ventos fortes, ventos frios, granizo, chuva excessiva, seca, geada, variação excessiva de temperatura, entre outras.

Monitor do Seguro Rural

O projeto já avaliou diversas modalidades de seguros rurais desde julho de 2020 atingindo mais de 1.400 participantes. As gravações e apresentações das edições anteriores do Monitor de Seguro Rural podem ser acessadas aqui: tinyurl.com/msrarquivos 

O cronograma de eventos por videoconferência do Monitor, que começou em julho de 2020 e se estende até final de 2022, tem a finalidade de identificar e propor melhorias nos serviços de seguro para mais de 60 atividades de grãos, frutas, olerícolas, pecuária, florestas, aquícola, café e outras culturas até o final de 2021. O monitor é uma oportunidade para os produtores e as cooperativas, com as entidades representativas, construírem soluções em conjunto com as seguradoras e o apoio do Mapa.

 

 

Informações: MAPA

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo