Jornal Folha de Goiás – Taxa de ocupação de leitos de UTI de covid-19 no Rio está acima de 90%

Ocupação de leitos de enfermaria é de 88%

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de covid-19 na cidade do Rio de Janeiro se mantém acima dos 90%. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 92% das vagas na rede SUS (Sistema Único de Saúde) – que inclui leitos de unidades municipais, estaduais e federais – para pacientes graves estão ocupadas. Já a taxa de ocupação de leitos de enfermaria é de 88%. A rede SUS na capital tem 1.370 pessoas internadas em leitos especializados, sendo 560 em UTI.

Na tarde de ontem (6), 394 pessoas aguardavam transferência para leitos na capital e na Baixada Fluminense, sendo 198 para leitos de UTI covid-19. Segundo a secretaria, as pessoas que aguardam vagas de terapia intensiva são assistidas em leitos de unidades pré-hospitalares, com monitores e respiradores.

A Secretaria de Estado de Saúde informou que, nesta segunda-feira (7), a taxa de ocupação, considerando todas as unidades da rede estadual destinadas à covid-19, está em 63% em leitos de enfermaria e 82% em leitos de UTI.

Na rede pública estadual, 472 pacientes suspeitos ou confirmados com o novo coronavírus aguardam transferência para leitos de internação, sendo 220 para enfermaria e 252 para UTI, que podem ser regulados para diferentes redes: municipal, estadual ou federal.

Mostre mais

# EBC

EBC. Os artigos são de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do veículo, sendo de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo