O que é Delirium e quais são as principais causas

O delirium é uma perturbação grave da função mental do paciente, e tem como características distúrbios da consciência, diminuição da concentração, alterações da memória, confusão mental e alteração da percepção do ambiente. O início do delirium ocorre repentinamente e evoluem algumas horas ou dias.

Os idosos, principalmente quando apresentam infecções ou durante internações hospitalares são comumente acometidos por quadros de confusão mental.

Os sintomas do delirium podem ser similares aos de demência, por isso é essencial verificar o histórico de saúde para o diagnóstico correto da doença. Apesar do delirium e da demência, poderem coexistir, essas doenças são diferentes, o delirium surge de modo súbito e geralmente é temporário e a demência aparece gradualmente sendo uma condição permanente.

O delirium pode surgir em qualquer idade, porém ele é mais prevalente em idosos que estão internados em hospitais ou em instituições de longa permanência.

Causas de delirium

Não se sabe a causa exata do delirium, mas o fato é que ele parece ser uma doença de origem multifatorial. Alguns fatores que podem causar o delirium são a privação de sono, infecções e usos de certo medicamentos.

Dentre as principais condições de saúde ligadas ao delírio estão:

  • Desidratação
  • Infecções
  • Pneumonia
  • Demência
  • Nutrição deficiente
  • Esquizofrenia
  • Polifarmácia com o uso de muitas medicações diferentes ou em doses altas
  • Doenças graves ou em fase terminal
  • Internação hospitalar prolongada.
  • Abstinência de álcool ou drogas.

Dentre as medicações que podem ocasionar o delírio estão os sedativos, ansiolíticos, antidepressivos ou antipsicóticos.

Os sintomas de delírio não são constantes, desaparecem e retornam no decorrer do dia. Para identificar se o indivíduo apresenta delirium alguns sinais devem estar presentes.

  • Redução da consciência
  • Dificuldade de focar ou mudar de foco constantemente
  • Atenção vaga
  • Fixar em apenas uma ideia ou tópico
  • Habilidade cognitiva comprometida
  • Alterações de memória
  • Desorientação
  • Dificuldade para falar ou para se lembrar do que falou
  • Dificuldade em compreender as falas das outras pessoas
  • Dificuldade em ler ou escrever
  • Alterações comportamentais
  • Alucinações
  • Agitação e comportamento agressivo
  • Inversão do sono, dormindo durante o dia e ficando acordado à noite
  • Ansiedade, raiva ou depressão

Alguns idosos com quadro de infecção não apresentam febre e outros sintomas característicos, muitas vezes o aparecimento de delirium é a única dica para diagnosticar um quadro infeccioso em curso.

Não existe tratamento específico para o delirium, o que se recomenda é corrigir os fatores que podem estar desencadeando a situação como tratar uma doença, ajustar a medicação entre outros. Nos casos mais graves pode ser indicado o uso de antipsicóticos.

 

Projeto Cuidar
Geriatra

Dra. Jaqueline Souza Lacerda

CRM-GO: 18043 RQE: 12041

Consultas e visitas domiciliares: (62) 3086-1517

Endereço: Clínica Supere – Rua 13, nº 19, Setor Oeste – Goiânia – Goiás. CEP: 74120-060

Avalie esta postagem

Dra. Jaqueline Souza Lacerda

Dra. Jaqueline Souza Lacerda é geriatra e fundadora do Projeto Cuidar – Geriatria Goiânia (https://geriatriagoiania.com.br). CRM-GO: 18043 RQE: 12041

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo