Programa Desenrola ganha extensão de três meses e amplia acesso a usuários bronze do Gov.br

Brasília, 12 de Dezembro – O Governo Federal anunciou hoje uma importante extensão para o programa Desenrola, ampliando o prazo de sua validade até 31 de março de 2024. Esta decisão representa um acréscimo de três meses além do término originalmente previsto para o final deste ano, segundo uma recente medida provisória publicada no Diário Oficial da União.

Em uma ação paralela, uma nova portaria do Ministério da Fazenda, também divulgada nesta terça-feira, traz uma ampliação no acesso ao programa. A partir de agora, usuários com contas de nível Bronze no portal Gov.br estão habilitados a participar do Desenrola, uma mudança significativa que anteriormente restringia o acesso apenas a contas de níveis Prata e Ouro.

Lançado em outubro deste ano, o Desenrola tem como principal objetivo facilitar a renegociação de dívidas para os cidadãos brasileiros, abrangendo compromissos financeiros contraídos entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022.

Os números do programa até o momento são expressivos. Conforme dados do Ministério da Fazenda, o Desenrola já promoveu a renegociação de aproximadamente R$ 29 bilhões em dívidas, beneficiando quase 11 milhões de pessoas. A média dos valores renegociados situa-se em torno de R$ 250 para pagamentos à vista e R$ 790 para acordos parcelados.

Os setores que mais se destacaram no número de renegociações foram o financeiro, incluindo securitizadoras — empresas especializadas na compra de dívidas de consumidores de outras companhias — e o setor de contas de energia elétrica.

Esta extensão do programa Desenrola e a inclusão de usuários Bronze no Gov.br representam uma ampliação significativa no apoio à população na gestão de suas finanças, especialmente em um período de desafios econômicos.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo