Projeto de educação ambiental de colégio estadual avança para prêmio Liga Steam

Avalie o Post post

Um projeto de educação ambiental proposto pelo Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Osório Raimundo de Lima, em Iporá, é uma das 150 propostas selecionadas para a segunda etapa do prêmio Liga Steam. A experiência pedagógica, criada pela professora Daniela Cristina de Sousa Marques, concorreu com outras 800 propostas inscritas e agora entra na fase de execução.

O trabalho será desenvolvido no segundo semestre deste ano com a turma da 2ª série do Ensino Médio. Daniela, formada em Matemática, Física e Pedagogia, é professora de Robótica Educacional e laboratorista na instituição de ensino. “Nosso projeto consiste em desenvolver a educação ambiental por meio de jogos educativos na plataforma Scratch e da construção de lixeiras para estimular a coleta seletiva”, explica a educadora.

O primeiro passo será a oferta de uma formação para os alunos sobre a importância da coleta seletiva e da reciclagem de materiais, ensinando-os a desenvolver um jogo educativo utilizando a linguagem de programação em bloco (Scratch). Na parte prática, serão realizadas visitas guiadas ao parque municipal e ao aterro sanitário da cidade, onde serão produzidos registros fotográficos e vídeos. Panfletos educativos serão distribuídos no Cepi e na cidade, e os estudantes confeccionarão lixeiras a partir do reaproveitamento de latas e canos de PVC.

Selecionado dentre outras 800 experiências inscritas, o projeto será finalizado em setembro com uma apresentação para todos os alunos e professores da unidade escolar e de outras instituições de ensino da rede municipal. A segunda etapa do prêmio Liga Steam selecionará 10 projetos entre os 150 escolhidos. O resultado final será divulgado no dia 22 de novembro.

O prêmio Liga Steam é uma iniciativa nacional da Fundação ArcelorMittal, realizada desde 2023 em parceria com a Fundação Banco do Brasil, AVSI Brasil e Tríade Educacional. Seu objetivo é valorizar a abordagem Steam em sala de aula e incentivar o engajamento de estudantes e professores na busca de soluções para os desafios de suas comunidades. A edição deste ano está focada nas mudanças climáticas que nortearão a COP 30, que será realizada em Belém (Pará) em novembro de 2025.

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo