Projeto de Lei do Prefeito Rogério propõe reformulação do transporte coletivo em Goiânia, com padronização de pontos e modernização da frota

O Programa Metropolitano de Transporte Coletivo (PMTC), previsto para iniciar em janeiro de 2024, representa um marco ao trazer uma consultoria especializada em engenharia de transporte para conduzir estudos de demanda inovadores. Esses estudos serão fundamentais para estabelecer novos padrões de excelência nos serviços, redesenhando a malha de transportes e otimizando a frota das empresas responsáveis pela concessão.

Um dos pilares desse projeto é o reforço na segurança, com a instalação de equipamentos de monitoramento remoto na frota e nos corredores BRT, por meio da tecnologia Intelligent Transportation System (ITS).

Além disso, o plano incorpora avanços tecnológicos com o desenvolvimento de um aplicativo inovador. Esse aplicativo será uma ferramenta completa para os usuários, oferecendo roteirização, opções de pagamento, informações e suporte abrangente para os serviços regulares integrados e complementares do sistema de transporte coletivo.

Para garantir o sucesso dessa reorganização no serviço público de transporte, as empresas concessionárias assumem a responsabilidade de viabilizar os investimentos necessários. Isso será feito através da criação de garantias públicas para o pagamento do complemento tarifário, assegurando a qualidade e eficiência das melhorias propostas.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo