Transplante de pâncreas no HGG marca um marco em Goiás

A paciente Gabriela Barbosa Oliveira Silva, de 41 anos, que entrou na fila de transplantes em 1º de maio, está na enfermaria do HGG, aguardando alta hospitalar. O primeiro transplante de pâncreas em uma unidade pública de Goiás foi realizado pelo Governo no Hospital Estadual Dr. Alberto Rassi (HGG).

A cirurgia foi feita na noite de 23 de maio, e Gabriela ficou na UTI por dois dias antes de ser transferida para a enfermaria em 26 de maio. Gabriela, diabética desde os 11 anos e transplantada renal desde 2017, era acompanhada pelo Centro Estadual de Atenção ao Diabetes.

O cirurgião Marcus Vinícius Chalar afirmou que o transplante de pâncreas é crucial para controlar a diabetes tipo 1 e prevenir complicações. O órgão foi transportado de Campo Grande em uma operação dos Bombeiros de Goiás.

A Unidade de Transplantes do HGG foi inaugurada em setembro de 2022 e habilitada pelo Ministério da Saúde em abril de 2023 para realizar transplantes de pâncreas.

5/5 - (1 vote)

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo