Cyberbullying e saúde mental

O ambiente é virtual, mas o perigo é real: o Cyberbullying é um sério problema que afeta a saúde mental dos jovens e que pode ser gatilho para diversos transtornos psiquiátricos.

 

Definido também como assédio virtual, o Cyberbullying é uma forma de agressão verbal e psicológica cometida através da internet, caracterizada por um conjunto de hostilidades praticadas para humilhar, perseguir, intimidar ou difamar alguém. Apesar dos ataques acontecerem online, as consequências são reais, afetando emocionalmente, mentalmente e fisicamente a vítima.

 

Vale lembrar ainda que o Cyberbullying costuma ser apenas uma extensão do Bullying, ou seja, da intimidação e perseguição que acontece fora do ambiente virtual. Contudo, a internet e redes sociais permitem que os agressores se escondam no anonimato, o que os torna ainda mais agressivos, visto que sentem que não podem ser punidos. Além disso, ao contrário do Bullying tradicional, o Cyberbullying ultrapassa fronteiras físicas, o que significa que os ataques podem ocorrer a todo momento e em qualquer lugar e a vítima não consegue escapar.

 

Uma pesquisa realizada pelo Unicef identificou que 1 em cada 3 jovens relata ter sido vítima de Cyberbullying em pelo menos 30 países, e que cerca de 1 em cada 5 já deixou a escola porque sofreu ataques virtuais. Apenas no Brasil, 36% dos adolescentes afirmaram já ter faltado à escola por terem sido vítimas de Cyberbullying de colegas.

 

Assim, a perseguição virtual atrapalha o desempenho escolar, mas a sua prevalência pode ter resultados ainda mais graves, como o isolamento social e a tristeza constante, que podem facilmente evoluir para quadros de ansiedade, depressão e síndrome do pânico. Além disso, caso não receba a ajuda terapêutica necessária, os jovens podem carregar os traumas causados pelo Cyberbullying por toda a vida, tendo como consequências mais comuns a dificuldade para manter relações sociais, medo de falar em público, autoestima baixa, propensão ao abuso de substâncias como drogas e álcool e, até mesmo, ideações suicidas.

 

Portanto, é fundamental estar atento ao problema e reconhecer os sinais: se o jovem apresenta mudança de comportamento, compulsão e tristeza ao acessar dispositivos eletrônicos e abandona abruptamente o uso de redes sociais, pode ser que algo esteja errado. Nesse momento, é fundamental conversar com a pessoa para entender o que está acontecendo e procurar a delegacia de crimes virtuais para registrar a ocorrência. Após, é fundamental direcionar o jovem para o acompanhamento psiquiátrico para que sua autoestima possa ser recuperada e os traumas sejam devidamente tratados.

 

Dr. Danilo de Melo

CRM-GO  13624 / RQE 12082

Psiquiatra e Psicoterapeuta

-Membro da Associação Psiquiátrica de Goiás – APG;

-Membro Titular da Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP.

 

Centro Clínico Excelsior

Telefone: (62) 3241-1316

WhatsApp: (62) 99940-3938

Endereço: Al. Coronel Eugenio Jardim, Qd. 218, Lt. 14, Sala 107, Setor Marista, Goiânia, Goiás.

Acesse o site: https://danilodemelo.com.br

Tratamento de psiquiatria em Goiânia, Melhor psiquiatra em Goiânia, Clínica de psiquiatria Goiânia, Psicoterapia em Goiânia, Psicoterapeuta em Goiânia, Tratamento de depressão em Goiânia, Tratamento de ansiedade em Goiânia, Tratamento de transtornos de humor em Goiânia, Tratamento de Esquizofrenias em Goiânia, Tratamento de dependência química em Goiânia, Tratamento de alcoolismo em Goiânia, Tratamento de obesidade em Goiânia, Tratamento de bulimia em Goiânia, Tratamento de anorexia em Goiânia, Tratamento de insônias em Goiânia, tratamento de TDAH em Goiânia, Tratamento de síndrome do pânico em Goiânia, tratamento de Transtorno Obsessivo-Compulsivo em Goiânia

Avalie o Post post
Mostre mais

Dr. Danilo de Melo

Dr. Danilo de Melo é médico Psiquiatra e Psicoterapeuta em Goiânia, CRM-GO  13624 / RQE 12082, Membro da Associação Psiquiátrica de Goiás – APG e Membro Titular da Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP. Contato: (62) 99940-3938.

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Call Now ButtonAnuncie: (62) 3088-2020