Jornal Folha de Goiás – Novo curso “Investigação Epidemiológica em Saúde do Trabalhador no Âmbito Hospitalar” será lançado nesta terça (18)

No webinar de lançamento, será a apresentada a estrutura pedagógica do curso, o papel e o processo de trabalho dos NHE

O Ministério da Saúde lança, nesta terça-feira (18), o curso “Investigação Epidemiológica em Saúde do Trabalhador no Âmbito Hospitalar”. A formação é voltada para profissionais, técnicos e gestores que atuam na Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (Renaveh) e da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast) estaduais, regionais e municipais, envolvidos em ações de vigilância em saúde do Brasil. O curso é autoinstrucional e as inscrições podem ser feitas gratuitamente (https://colaboradsaste.saude.gov.br/course/index.php?categoryid=21). Interessados podem acompanhar pelo webinar.aids.gov.br.

O objetivo é preparar os profissionais para realizar investigação epidemiológica, incluindo as etapas de notificação, processamento e análise das Doenças e Agravos Relacionados ao Trabalho de Notificação Compulsória no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) e outros que possam apoiar na tomada de decisão da gestão para a promoção da saúde dos trabalhadores nos territórios.

No webinar de lançamento, será a apresentada a estrutura pedagógica do curso, o papel e o processo de trabalho dos Núcleos Hospitalares de Epidemiologia. Os NHE são unidades operacionais responsáveis pelo desenvolvimento das atividades de vigilância epidemiológica no ambiente hospitalar. Essas unidades compõem a Renaveh e tem por objetivo central a detecção, o monitoramento e a resposta imediata às potenciais Emergências de Saúde Pública (ESP) identificadas no âmbito hospitalar, além de serem componentes essenciais para coleta e fornecimento de dados estratégicos e oportunos para o conhecimento do perfil de adoecimento da população.

Na abertura do evento, participam a coordenadora-geral de Vigilância em Saúde do Trabalhador da Secretaria de Vigilância em Saúde, Flavia Nogueira e a coordenadora de Análises de Riscos de Eventos em Saúde Pública da Secretaria de Vigilância em Saúde, Rebeca Campos. Em seguida, a participação dos convidados:

– Giovana Costacurta, da Rede Nacional de Vigilância Epidemiológica Hospitalar, com o tema “A Renaveh e suas atribuições na Vigilância em Saúde do Trabalhador no âmbito Hospitalar”;

– Cristiano Barreto de Miranda, da Vigilância Epidemiológica em Saúde do Trabalhador da Secretaria de Vigilância em Saúde, com o tema “A investigação epidemiológica em saúde do trabalhador no âmbito hospitalar: como fazer?”;

– Paulo Henrique, consultor técnico na Coordenação-Geral de Vigilância em Saúde do Trabalhador (CGSAT), com o tema “Apresentação do Curso de Investigação Epidemiológica em Saúde do Trabalhador no Âmbito Hospitalar”.

A moderação será feita por Roberta Freitas, da Vigilância Epidemiológica em Saúde do Trabalhador e consultora técnica da CGSAT (SVS/MS).

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido!