Jornal Folha de Goiás – Prefeitura de Goiãnia autoriza reabertura do Clube do Povo e Morada Nova

Mantidos pela Agetul, os clubes retornarão às atividades presenciais na próxima terça-feira (24) após ficarem fechados por um ano devido à pandemia

A Prefeitura de Goiânia publicou no Diário Oficial, novo decreto que libera a reabertura do Clube do Povo e do Clube Morada Nova, espaços mantidos pela Agência Municipal de Turismo, Evento e Lazer (Agetul). A liberação de reabertura ocorreu por meio da revogação dos itens 31.3 e 31.4 do antigo decreto, de número 3.237, que suspendia as atividades nestes locais.

O presidente da Agetul, Valdery Junior, comemorou a decisão do Paço Municipal e afirma que todas as normas sanitárias de combate à Covid-19 serão cumpridas. “Vamos voltar com nossas atividades presenciais, na próxima terça-feira (24/8) após mais de um ano fechado, em decorrência da pandemia”, destacou.

Desde o início da pandemia, as aulas nos clubes eram realizadas de forma remota para os alunos já matriculados.  Valdery Junior explica que o Clube do Povo possui capacidade para atender 1.278 alunos matriculados e oferece atividades como natação, hidroginástica, ginástica localizada, dança, muay thai e futebol.

“O retorno das atividades presenciais será com as turmas reduzidas. Além disso, o Clube do Povo, que era aberto ao público nos finais de semana, agora só vai funcionar nesses dias com agendamento prévio do público para garantir que os protocolos sanitários sejam cumpridos”, disse.

O presidente da Agetul revela ainda que a proposta de incluir novas modalidades está em avaliação, porém, segundo ele, isso só será possível nos próximos meses. “No momento, para atender as demandas e o plano de biossegurança desenvolvido para o Clube do Povo, estamos atendendo apenas os alunos já matriculados e eles precisam passar pelos procedimentos de rematrícula”, ressalta Valdery Junior.

De acordo com a supervisora do Clube do Povo, Geanny Rufino, as atividades dos programas Caminhando com Saúde, Iniciação Esportiva e Vida Ativa serão retomadas na terça-feira seguindo todas as determinações do decreto. “As turmas serão redistribuídas para atender o limite de até 30% da capacidade dos espaços e as aulas terão duração de 40 minutos. As aulas de hidroginástica terão o limite de 24 alunos por turma e as de natação de 10 alunos, além de intervalo de 15 minutos entre uma aula e outra para evitar o cruzamento de usuários e permitir a devida higienização do espaço”, explica Geanny.

Também, segundo ela, fica proibido o uso de guarda volumes e vestiário, sendo permitido apenas o uso de sanitários. Cada usuário deve levar a sua garrafa de água, sendo proibido beber água diretamente no bebedouro. “A temperatura será aferida antes do início de cada aula e dispensers com álcool em gel 70% estarão disponíveis nos espaços em que serão realizadas as atividades”, conclui a coordenadora.

 

 

Informações: Prefeitura de Goiânia / Agetul

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
error: O conteúdo está protegido!