ANÚNCIO

Jornal Folha de Goiás – Startups brasileiras do agronegócio são selecionadas para participar de exposição na China

As oito empresas participaram da Semana de Inovação China-Brasil

Oito startups brasileiras foram selecionadas para integrar o pavilhão da Exposição Internacional de Importação da China (China International Import Expo – CIIE), que acontecerá ainda este ano em Xangai, China. As startups participaram da Semana de Inovação China-Brasil, que é realizada há três anos pela Associação Chinesa de Ciência e Tecnologia.

Nesta terceira edição, o evento foi promovido pela ApexBrasil, em parceria com o Consulado Geral do Brasil em Xangai, a Embaixada Brasileira em Pequim e a Venture Cup China. Os Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e de Minas e Energia (MME) apoiaram a iniciativa.

O objetivo do evento é conectar startups do Brasil com potenciais parceiros e investidores chineses nas áreas de agricultura, energia e tecnologia verde. Para este ano, o tema principal da Semana de Inovação foram as tecnologias agrícolas, energéticas e ambientais.

Abrir novas oportunidades para agtechs é uma das missões da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável e Irrigação. Além da China, eventos que possibilitaram o contato de startups com redes de inovação nos EUA, Europa e América do Sul ocorreram ao longo de 2021 e 2022. Os resultados da Semana de Inovação na China é um dos muitos que o agronegócio brasileiro poderá colher a partir das iniciativas de inovação aberta da Secretaria.

“A seleção de startups brasileiras do nosso agro demonstra o poder de políticas públicas como o AgroHub Brasil em promover ambiência e gerar oportunidades concretas de criarmos novos mercados e agregar valor para o agro brasileiro. Além disso, mostra que o time da Secretaria de Inovação está atuando desde o nascedouro de empresas, com nossas chamadas de startups – como a atual Chamada para o Agronordeste Digital, até a internacionalização daquelas que estão mais maduras, como está acontecendo com esse processo na China”, diz a diretora do Departamento de Apoio à Inovação para Agropecuária, Sibelle Silva.

As startups brasileiras selecionadas para programas de aceleração após a Terceira Semana de Inovação China-Brasil são: Agricon Business; Ectare; JMM Tech; Pitaya Irrigação Eficiente; Predativa; Asel Tech; Dispor Energia e Termica Solutions. Também integrarão a CIIE quatro startups que participaram da edição anterior da Semana de Inovação, são elas: Krilltech, AI Robot, Ecotrace e Green Mining.

Além dessas startups, três outras foram selecionadas para acompanhar um mês de sessões individualizadas com mentores locais para adaptar o modelo de negócios à China, entender o mercado, solucionar pontos como interoperabilidade, preço, distribuição e também fazer um matchmaking com potenciais parceiros locais. Foram elas: Biosolvit, Ecotrace e Imersa.

Semana de inovação

Durante o evento, que ocorreu em agosto, foi realizado o Fórum de Sustentabilidade Brasil-China, “Demo Days” para startups e o Fórum China-Brasil em Neutralidade de Carbono. Uma oportunidade para reunir grandes empresas do setor de tecnologia na China e no Brasil, investidores, incubadoras e aceleradoras locais, e acadêmicos para debater e apresentar oportunidades de inovação na China para startups brasileiras.

O evento ocorreu virtualmente para a delegação brasileira, composta por até 15 startups dos setores de sustentabilidade, focadas em desafios relativos à energytech e  agritechs, com potencial de abertura de operação na China ou parceria com mercado chinês.

A iniciativa insere-se no âmbito do Programa de Diplomacia da Inovação (PDI) do Ministério das Relações Exteriores, que desenvolve ações para elevar o perfil do Brasil junto aos ecossistemas estrangeiros de inovação, visando, entre outros aspectos, a identificar parcerias, atrair investimentos e apoiar a internacionalização de startups.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo