ANÚNCIO

Mapa Inaugura Novas Instalações da Adidância Agrícola em Buenos Aires e Impulsiona Parcerias com a Argentina

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) marcou um importante marco nas relações bilaterais entre Brasil e Argentina com a inauguração das modernas instalações da adidância agrícola na Embaixada do Brasil em Buenos Aires. Esta iniciativa, inserida no programa de modernização do Ministério para postos no exterior com adidos agrícolas, busca não apenas fortalecer os laços entre os países, mas também promover um impulso nas exportações do agronegócio brasileiro.

O evento contou com a presença significativa de autoridades, incluindo o secretário de Comércio e Relações Internacionais, Roberto Perosa, o secretário-executivo adjunto, Cleber Oliveira Soares, e a adida agrícola no país, Andrea Parrilla. Além disso, estiveram presentes o embaixador do Brasil na Argentina, Julio Bitelli, e o secretário de Bioeconomia da Argentina, Fernando Vilella, entre outros representantes do governo argentino, empresários e autoridades da embaixada.

O secretário Roberto Perosa destacou a importância estratégica da cooperação regional, ressaltando o papel do Mercosul como uma ferramenta crucial para fortalecer o multilateralismo. Ele reiterou o compromisso do Mapa em trabalhar em estreita colaboração com os 29 adidos agrícolas, que são embaixadores do agronegócio brasileiro em todo o mundo, e anunciou planos futuros para expandir essa presença.

“Celebramos não apenas uma relação de irmandade com a Argentina, mas também reconhecemos sua importância estratégica na América do Sul. O Mercosul desempenha um papel crucial na integração regional e estamos comprometidos em fortalecer essa união”, afirmou Perosa.

O secretário-executivo adjunto, Cleber Soares, enfatizou o compromisso do governo brasileiro em promover melhorias em todas as adidâncias agrícolas, destacando a inauguração em Buenos Aires como o primeiro passo de uma série de reformas planejadas em todo o mundo.

Explorando Novas Oportunidades Comerciais na Indústria da Borracha

No sábado, representantes do Mapa participaram de uma reunião de trabalho dedicada a explorar oportunidades comerciais na indústria da borracha e sua cadeia produtiva. O encontro, realizado nas novas instalações da adidância agrícola, reuniu representantes da Secretaria de Indústria e Desenvolvimento Produtivo da Argentina, da Câmara Argentina da Indústria de Pneus e importantes empresas do setor.

Durante a reunião, um estudo encomendado pelo Mapa foi apresentado, revelando o potencial de expansão das exportações brasileiras de borracha e a capacidade de atender à crescente demanda do mercado argentino. O Brasil, conhecido por sua produção de borracha de alta qualidade e sustentável, tem o objetivo de fortalecer sua posição nesse setor.

No último ano, o Brasil exportou mais de US$ 10 milhões em produtos de borracha para a Argentina, destacando o potencial de crescimento nesta área.

Diplomacia Agropecuária e Integração Regional

A delegação do Ministério da Agricultura, liderada pelo secretário-executivo adjunto Cléber Soares e pela adida agrícola Andrea Parrilla, participou de diversas atividades na Argentina, incluindo a Expoagro, um dos principais eventos agrícolas do país.

Durante a feira, também ocorreu a primeira reunião do ano do Conselho Agropecuário do Sul (CAS), com a presença de ministros da Agricultura dos países do Cone Sul. O Brasil, representado por Cléber Soares, aproveitou a oportunidade para apresentar as demandas do agronegócio brasileiro e discutir questões regionais, como a transição da presidência pró-tempore do CAS.

Os membros do CAS concordaram em intensificar a cooperação em diversas áreas, incluindo pesquisas sobre emissões de gases de efeito estufa e questões sanitárias. Além disso, discutiram temas de interesse mútuo, como o acordo Mercosul-Europeu e a Convenção de Roterdã.

Fortalecendo os Laços Comerciais

A Argentina é um importante parceiro comercial do Brasil no setor agropecuário, ocupando a sexta posição entre os maiores compradores de produtos brasileiros. No último ano, as exportações brasileiras para a Argentina atingiram cerca de US$ 3,5 bilhões, com destaque para a soja, produtos florestais, café e cacau.

Da mesma forma, a Argentina é o principal exportador de produtos agrícolas para o Brasil, com um volume de negócios de US$ 3,3 bilhões. Os principais produtos incluem cereais, lácteos, produtos hortícolas e frutas.

A recente série de eventos e reuniões destaca o compromisso mútuo de fortalecer os laços comerciais e promover uma maior integração regional entre Brasil e Argentina no setor agropecuário.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo