ANÚNCIO

Ministros Fávaro e Waldez impulsionam iniciativas agrícolas para reduzir disparidades sociais

Os ministros da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, e da Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, avançaram conjuntamente em projetos estratégicos durante uma reunião realizada nesta quinta-feira (07). O objetivo principal foi discutir iniciativas de irrigação e integração das rotas de produção agrícola em Mato Grosso, em uma colaboração entre os respectivos ministérios do Governo Federal.

Com um foco particular nas regiões da Baixada Cuiabana, do Pantanal e do Araguaia, a proposta se fundamenta nos sistemas Agroflorestais para irrigação e produção alimentar. Além disso, planeja-se a recuperação das bacias do Pantanal, integrada ao projeto em desenvolvimento com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para complementar as medidas discutidas durante a reunião.

“Fizemos avanços significativos nesta questão. É uma ordem direta do presidente Lula integrar o BID Pantanal ao sistema de arranjos produtivos”, destacou Fávaro.

De acordo com o ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, as equipes dos ministérios estão trabalhando de forma colaborativa para tornar essas iniciativas uma realidade em Mato Grosso.

“Estamos discutindo projetos cruciais para Mato Grosso que o Fávaro tem liderado com o Governo Federal, especialmente duas políticas públicas relacionadas aos arranjos produtivos locais, rotas de integração e produtos de origem climática e de irrigação”, explicou Waldez Góes.

Ele ressaltou ainda que esses projetos estão alinhados com as diretrizes do presidente da República. “Vamos concentrar nossos esforços nas regiões onde a necessidade de políticas públicas é mais premente para reduzir as disparidades”, afirmou.

Outra iniciativa apresentada por Fávaro, visando combater as desigualdades e fortalecer os produtores rurais e a agricultura familiar, é a implementação do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA), concedido pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa). Este sistema padroniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal, garantindo a inocuidade e segurança alimentar.

“Estamos estabelecendo o SISBI para permitir que todos os produtores da agricultura familiar possam comercializar seus produtos em todo o Brasil com confiança”, concluiu.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo