Setor de Varejo em Goiás Registra Crescimento de 1,0% em 2023 Comparado a 2022

Avalie o Post post

O comércio varejista em Goiás demonstrou um sólido crescimento de 1,0% em agosto de 2023, em comparação com o mesmo período no ano anterior. Os dados, divulgados nesta quarta-feira (18/10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) por meio da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), revelam que o destaque desse avanço foi o setor de hipermercados e supermercados, que registrou um impressionante crescimento de 9,1%. Esse aumento marca a segunda alta consecutiva e a maior do ano.

Além disso, outros segmentos também contribuíram para o panorama positivo do varejo goiano em agosto. As vendas de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação tiveram um aumento de 10,6%, seguidas pelos artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos, que registraram um crescimento de 10,4%. Os hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo também desempenharam um papel importante, com um crescimento de 7,2%.

Outras áreas que demonstraram resultados promissores incluem o setor de veículos, motocicletas, partes e peças, com um crescimento de 10,1%, e o material de construção, que teve sua segunda alta no ano, expandindo-se em 7,7% em comparação com o mesmo período de 2022.

A nível nacional, o comércio varejista permaneceu estável em agosto, com uma variação de -0,2%, após uma variação de 0,7% em julho, na comparação com o mês anterior, considerando o ajuste sazonal. No entanto, quando comparado a agosto de 2022, o índice de vendas cresceu 2,3%, marcando a terceira alta consecutiva. O acumulado do ano também revela um crescimento de 1,6%, e nos últimos 12 meses, o volume de vendas no comércio acumulou uma expansão de 1,7%.

A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) é um instrumento fundamental para acompanhar o comportamento do comércio varejista no país, fornecendo indicadores mensais que analisam a receita bruta de revenda em empresas formalmente constituídas, com 20 ou mais pessoas ocupadas, cuja atividade principal é o comércio varejista.

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo