ANÚNCIO

Goiás inicia campanha de imunização contra dengue com foco em salvar vidas, anuncia Governador Caiado

Visando diminuir a incidência de casos graves de dengue entre crianças de 10 a 11 anos, o Governador Ronaldo Caiado deu início à campanha de vacinação contra a dengue em Goiás nesta quinta-feira, 15 de fevereiro. O lançamento aconteceu na UBS Santa Luzia, situada no Jardim Olímpico em Aparecida de Goiânia, e contou com a presença de autoridades importantes como o prefeito Vilmar Mariano e o secretário estadual de Saúde, Rasível dos Reis. “Nosso principal objetivo é cuidar e salvar vidas,” afirmou Caiado na ocasião.

Ronaldo Caiado, que tem quase 50 anos de experiência médica, fez a aplicação da primeira dose da vacina Qdenga em Ana Vitória Batista, uma menina de 10 anos, marcando o início da imunização pelo sistema público estadual. “A vacinação seguirá critérios estabelecidos, começando por esta faixa etária e expandindo conforme as diretrizes do Ministério da Saúde,” explicou o governador.

A iniciativa foi lançada em um momento crítico, após o estado declarar emergência sanitária devido ao surto de dengue. Até agora, 51 dos 134 municípios considerados prioritários já estão realizando a vacinação, com previsão de expansão para mais 71 municípios, totalizando 151.968 doses distribuídas pelo Ministério da Saúde. Além disso, o Estado capacitou profissionais de saúde para a campanha de imunização e manejo dos pacientes.

Para reforçar a luta contra a dengue, o Estado promoveu a criação de “Gabinetes contra a Dengue” em cada município, visando padronizar as estratégias de combate ao mosquito Aedes aegypti. Caiado enfatizou a importância da colaboração da população, especialmente no controle de criadouros do mosquito em residências. Rasível dos Reis, secretário de Saúde, destacou a gravidade da situação, alertando sobre o aumento de casos do vírus tipo 2 e a importância do engajamento coletivo para prevenir perdas evitáveis.

A vacina Qdenga é quadrivalente, protegendo contra os quatro sorotipos da dengue. O plano inicial visa imunizar jovens de 10 a 11 anos, com expectativa de ampliação do público-alvo conforme novas doses sejam disponibilizadas. Suzy Batista, mãe da primeira vacinada, ressaltou a urgência da vacinação diante do atual surto e convocou os pais a participarem da campanha.

O Brasil se destaca como o primeiro país a oferecer a vacinação contra dengue no serviço público de saúde, com a seleção dos municípios goianos baseada em critérios rigorosos de risco e incidência da doença. Com o avanço da dengue e outros arbovírus como chikungunya e zika, a campanha de vacinação em Goiás surge como uma estratégia crucial para conter a propagação dessas doenças e proteger a população.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo