OVG Apresenta Receita Especial do Mix do Bem na Terceira Edição da Festa do Pequi na Ceasa

Avalie o Post post

Na terceira edição da já tradicional Festa do Pequi realizada nas Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa), a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) surpreendeu os visitantes ao apresentar uma versão especial do Mix do Bem, elaborada com a inclusão do icônico pequi. Esse alimento, fruto do esforço conjunto do Governo do Estado no Banco de Alimentos da OVG, é destinado a famílias em situação de vulnerabilidade através do programa Goiás Social. Produzido a partir de doações de produtores e permissionários da Ceasa, que generosamente contribuem com alimentos in natura para a OVG, o Mix do Bem foi servido no evento, ocorrido na última quinta-feira (19/10). Essa iniciativa tinha como propósito mostrar aos parceiros sociais a transformação das doações em um produto final que beneficia as famílias necessitadas.

O Programa NutreBem, lançado em outubro de 2021, é responsável por processar o Mix do Bem, que contém arroz, proteína de soja, alho, cebola, cenoura e tomate desidratados. Até o momento, foram distribuídos 460 mil pacotes desse alimento, o que representa um total de 4,6 milhões de refeições para as pessoas que mais precisam. A primeira-dama Gracinha Caiado, presidente de honra da OVG e coordenadora do Goiás Social, enfatizou que esses números representam vidas e famílias inteiras que encontraram apoio e dignidade no âmbito do Goiás Social. “Aqueles que enfrentam a fome não podem esperar. Portanto, nosso trabalho é incansável na busca por parcerias para expandir ainda mais essa iniciativa”, declarou Gracinha Caiado.

Ela destacou que levar o Mix do Bem com uma receita especial à Festa do Pequi é um gesto de reconhecimento aos produtores e permissionários que desempenham um papel crucial no trabalho do Banco de Alimentos da OVG. “Todos esses parceiros sociais, aos quais faço questão de agradecer, desempenham um papel fundamental em nosso sucesso. É graças ao compromisso e às doações de cada um deles que podemos fornecer alimentos tão necessários às famílias mais vulneráveis.”

Para Rosângela de Oliveira Souza, que trabalha na Ceasa há duas décadas, experimentar o Mix do Bem foi uma agradável surpresa. “É surpreendente ver que as doações que fazemos se transformam em um alimento tão saboroso e nutritivo como esse. Confesso que não imaginava que fosse tão gostoso, ainda mais com o toque do pequi, que nós goianos tanto apreciamos. Se já doava com satisfação, agora, conhecendo a qualidade dos alimentos resultantes das doações, espero doar ainda mais”, afirmou.

O Banco de Alimentos da OVG opera em colaboração com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e as Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa-GO). Desde 2019, já distribuiu seis mil toneladas de frutas, verduras e legumes in natura a famílias em situação de vulnerabilidade e a instituições sociais, além de cerca de 60 mil pacotes de frutas desidratadas. Nesse período, mais de 56 mil pessoas foram beneficiadas por essa iniciativa.

Famílias em situação de vulnerabilidade e representantes de instituições sociais que desejam receber essas doações podem se dirigir diretamente à unidade do Banco de Alimentos, localizada nos fundos da Ceasa, no bairro Jardim Guanabara, em Goiânia, com a documentação pessoal necessária. A lista de documentos exigidos pode ser consultada no site da OVG (ovg.org.br).

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo