Mapa impulsiona alianças globais na COP 28: avanços e parcerias estratégicas em Dubai

Avalie o Post post

Na prestigiada Conferência das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (COP 28), o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) tem sido um protagonista no fortalecimento de parcerias internacionais. Sob a liderança do secretário de Comércio e Relações Internacionais, Roberto Perosa, o Mapa avança em discussões estratégicas que moldam o futuro da sustentabilidade global.

Em uma reunião-chave com Martien van Nieuwkoop, diretor global de Agricultura e Alimentos do Banco Mundial, os dois discutiram a implementação do programa brasileiro de conversão de pastagens degradadas. Esse diálogo foi impulsionado pelo recente decreto presidencial brasileiro, que cria um comitê gestor interministerial para o programa. Nieuwkoop expressou interesse em estabelecer uma linha de crédito, em parceria com o Banco do Brasil, para financiar projetos de descarbonização, incluindo a mencionada conversão de pastagens.

A agenda de Perosa em Dubai incluiu também um encontro com líderes da Syngenta, uma referência global em tecnologias agrícolas. Acompanhado de Petra Laux, Grazielle Parenti e Daniel Vernand, o secretário apresentou detalhes do decreto e discutiu o fortalecimento dos laços com a empresa, que mostrou interesse em ampliar sua participação no programa.

Um momento significativo ocorreu na reunião com Andrea Ledward, diretora de Meio Ambiente do DEFRA (Ministério do Ambiente, da Alimentação e dos Assuntos Rurais do Reino Unido). Eles abordaram as novas regulamentações britânicas sobre due diligence para commodities de risco. Ledward assegurou o respeito às leis ambientais brasileiras, introduzindo um período de adaptação de um ano para a implementação dessas regulamentações.

O secretário Perosa saudou a abordagem colaborativa do Reino Unido, destacando a importância de uma cooperação construtiva para enfrentar desafios de sustentabilidade.

Outro encontro relevante foi com o ministro da Agricultura de São Vicente e Granadinas, Saboto Caesar, onde foram discutidos tópicos de cooperação técnica e científica com a Embrapa, visando fortalecer os laços e promover uma maior integração com a região do Caribe.

Estes diálogos, acompanhados por Marcel Moreira Pinto, diretor de Promoção Comercial e Investimentos do Mapa, ressaltam o papel crucial do Brasil na arena internacional, buscando soluções sustentáveis e colaborativas para os desafios ambientais globais.

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo