ANÚNCIO

Operações Vanguarda e Átria 2: Novos Avanços na Segurança Pública de Goiás

Na última sexta-feira (1º/03), a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-GO) deu um importante passo rumo à segurança da população goiana com o lançamento simultâneo da Operação Vanguarda e da Operação Átria 2. Estas operações, meticulosamente planejadas, visam não apenas a redução dos índices de crimes violentos, mas também o combate à violência contra a mulher.

A Operação Vanguarda, abrangendo todo o território goiano, tem como objetivo principal a diminuição substancial dos crimes violentos. Coordenada pela Superintendência de Ações e Operações Integradas (Saoi), essa força-tarefa reunirá todas as Forças de Segurança, incluindo Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Corpo de Bombeiros, Polícia Penal, Polícia Científica, Procon Goiás, e órgãos federais e municipais como a Polícia Federal, PRF e a Guarda Civil Metropolitana (GCM). As ações incluirão abordagens, operações de inteligência, cumprimento de mandados, entre outras atividades direcionadas à redução de crimes prioritários.

Já a Operação Átria 2, articulada nacionalmente pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública e Secretaria Nacional de Segurança Pública, tem como foco o combate à violência doméstica e familiar contra a mulher, com especial atenção ao feminicídio. Esta edição concentrará esforços na apuração de denúncias, atendimento às vítimas, cumprimento de mandados, além de ações educativas e preventivas.

O Secretário de Segurança Pública, Renato Brum, enfatizou a importância da integração entre as esferas municipal, estadual e federal, juntamente com o Poder Judiciário, para fortalecer o combate a esses crimes em Goiás e manter a tendência de redução dos índices criminais.

A primeira edição da Operação Átria, realizada em 2023, obteve resultados expressivos, com mais de 16.945 ações diversas, incluindo atendimento a mais de 4.024 vítimas, 668 prisões em flagrante e solicitação de mais de 1.252 medidas protetivas de urgência. Estes números destacam o compromisso das autoridades em prevenir e reprimir crimes contra mulheres.

Avalie o Post post

Mostre mais

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo